porMarketing Unice

20 DE JANEIRO: DIA DO FARMACÊUTICO

A UNICE-Ensino Superior compartilha com a sociedade brasileira seus agradecimentos, reconhecimento e todo carinho aos farmacêuticos e aos futuros profissionais pelo seu dia e pelo trabalho que proporcionam à saúde e bem-estar das pessoas.

Outrora tinha-se a ideia do farmacêutico como dono do negócio de comércio de medicamentos. Todavia, nos dias de hoje, a população tem conhecimento como o profissional da saúde que exerce o importante papel de buscar a cura de doenças, pesquisas em estudos clínicos, atenção farmacêutica, dispensação clínica e outros.

Assim, com os inúmeros segmentos de atuação, importante se faz ressaltar que a profissão de farmacêutico pode ser dividida em duas grandes áreas: uma direcionada à parte de análise clínica, para atuar em laboratórios de análise, exames bioquímicos, hematologia e microbiologia; sendo que a outra, o grande grupo que fica responsável pela parte de medicamentos, por meio da produção, fabricação, manipulação, fitoterápicos e no acompanhamento nas drogarias. Além dessas duas linhas de atuação existem, também, as chamadas áreas não-privativas de atuação do farmacêutico, onde profissionais de outras áreas, igualmente, atuam na indústria de alimentos e produtos cosméticos.

De acordo com o curso de Farmácia da UNICE e o CFF-Conselho Federal de Farmácia, o estudo de medicamentos (fármacos) é a parte central do currículo de um farmacêutico, que é definido como âmbito privativo e exclusivo do profissional de farmácia – médicos, químicos e biomédicos não podem atuar nessa categoria.

Diante do que se apresenta, órgãos da saúde destacam que com o avanço das pesquisas das indústrias farmacêuticas, o mercado para os profissionais farmacêuticos está cada vez mais promissor, ofertando muitas oportunidades de atuação. Segundo o CFF-Conselho Federal de Farmácia, foram relacionadas mais de 70 atuações para a área da Farmácia. Entre elas, podem-se citar a própria indústria farmacêutica, a de cosméticos, fiscalização sanitária, hospitais e auditoria em saúde. O farmacêutico atua também na produção dos, chamados no passado, produtos correlatos. São artigos como munhequeiras, tornozeleiras, seringas e agulha, por exemplo.

Desse modo, na valorização do Farmacêutico no Brasil, a ABF-Associação Brasileira de Farmacêuticos, fundada em 1916 no Rio de Janeiro, marcou o dia 20 de janeiro como o “Dia do Farmacêutico”, homenageando-o pela sua importantíssima atuação na sociedade.

PARABÉNS AOS FARMACÊUTICOS BRASILEIROS!!!!

Fonte: Catho Comunicação. Disponível em: www.catho.com.br/carreira-sucesso/colunistas/noticias/o-universo-farmaceutico Acessado em 11/01/20

porMarketing Unice

Processo Seletivo – Vestibular 2020.1

Vestibular Tradicional UNICE

 

 

Marque agora seu vestibular e concorra até 100% de desconto. Participe e torne – se um profissional de sucesso!

Acesse o Edital de Vestibular 2020.1

porMarketing Unice

Recesso Fim de Ano UNICE

Evidenciamos que a UNICE estará em recesso para as Festas do final do ano no período de 23 de dezembro de 2019 a 02 de Janeiro de 2020.

Para tanto, informamos que as matrículas para o próximo período letivo 2020.1 estarão com desconto até 06 de Janeiro. Após essa data os valores serão acrescidos com 30%.

Feliz Natal e que o Novo ano seja repleto de realizações

UNICE-ENSINO SUPERIOR

porMarketing Unice

REMATRICULA

Aproveite as ofertas de Rematrícula da UNICE.

porMarketing Unice

INDICOU, GANHOU UNICE 2020.1

A Promoção indicou, ganhou é uma ótima oportunidade para você que já é nosso aluno ganhar descontos em sua mensalidade, começe agora a divulgar para os seus amigos e a cada matrícula indicada receba 50,00 reais de descontos na sua mensalidade. Aproveite, quanto mais indicar mais você ganha.

 

Leia o regulamento e aproveite a promoção!

porMarketing Unice

Com 5 milhões, Enem tem o menor número de inscritos confirmados desde 2010

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 teve 5,09 milhões de inscrições confirmadas, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O balanço, divulgado nesta terça-feira (28), considera o total de isentos e de pessoas que pagaram o boleto de R$ 85 que venceu na quinta (23).

O número de participantes confirmados é o menor desde 2010, quando 4,62 milhões de pessoas terminaram o processo de inscrição aptas a participar do exame.

O percentual de estudantes que confirmaram a inscrição, em relação ao total de inscrições feitas, foi o menor registrado na série histórica, que vai de 2015 a 2019. Em 2019, 79,8% dos inscritos confirmaram a participação. O maior percentual de confirmação ocorreu em 2016, quando 93% dos participantes concluíram a inscrição.

Pagantes e isentos

Os pagantes da taxa de inscrição representam 41,5% dos participantes em 2019. A taxa de inscrição custou R$ 85 neste ano. No ano passado, o percentual de pagantes foi menor: 36,1% do total.

A proporção de estudantes isentos da taxa foi a menor registrada na série histórica, que tem início em 2015. No ano de 2016 foi registrado o maior percentual de isenções: 76,81% dos estudantes não pagaram a taxa de inscrição naquele ano.

Perfil dos participantes

As mulheres seguem sendo a maioria entre os candidatos do Enem: 59,5% dos participantes confirmados são do sexo feminino, contra 40,5% do sexo masculino.

Em relação à faixa etária, o grupo mais prevalente (26,7%) tem de 21 a 30 anos. Neste ano, 17,8% das inscrições confirmadas são de estudantes de 17 anos e 15,9% de alunos com 18 anos.

A maior parte dos candidatos confirmados é negra: 46,4% se autodeclararam pardos e 12,7%, pretos. Brancos são 36% dos confirmados.

Em relação à situação escolar, 28,8% das inscrições são de estudantes que concluem o ensino médio neste ano. Os egressos, aqueles que já se formaram em anos anteriores, representam 58,7%. E os treineiros, participantes que não vão concluir a educação básica em 2019, são 12,1% dos inscritos.

O Sudeste é a região com maior percentual de inscritos: 35% dos candidatos confirmados moram na região. O Nordeste tem 34% dos inscritos, seguido do Norte, com 12% das candidaturas. O Sul tem 11% dos confirmados e o Centro-Oeste, 8%.